Revista Carta Premium

POR DENTRO DOS EVENTOS CERVEJEIROS: oportunidades especiais para conhecer lançamentos, tendências e encontrar coringas e estrelas para a carta. Quais vêm por aí?

POR DENTRO DOS EVENTOS CERVEJEIROS: oportunidades especiais para conhecer lançamentos, tendências e encontrar coringas e estrelas para a carta. Quais vêm por aí?

POR DENTRO DOS EVENTOS CERVEJEIROS: oportunidades especiais para conhecer lançamentos, tendências e encontrar coringas e estrelas para a carta. Quais vêm por aí?
agosto 14
13:47 2018

Por que ficar de olho e aproveitar os principais eventos cervejeiros quase que semanais pelo Brasil afora?  É a oportunidade de conhecer tendências e lançamentos, ter o feedback do consumidor, e até fazer desses encontros uma grande oportunidade de atração de público,  já que os bares e restaurantes podem acolher os festivais ou ainda realizar eventos paralelos sob o mesmo tema, como um pré ou pós-evento.

No último decêndio de julho o parque do Museu Oscar Niemeyer, na capital paranaense, foi palco da celebração dos DUM Chipotleoito anos da cervejaria curitibana DUM, conhecida pela criação da icônica Petroleum, uma Imperial Stout com 12% de teor alcoólico, que leva adição de cacau belga e aveia. O evento comemorativo reuniu diversas outras cervejarias que aproveitaram para também mostrar suas novidades e linha de produtos.

Neste oitavo ano a cervejaria apostou em dez variações desse rótulo símbolo da marca:  com baunilha, com chipotle (tipo de pimenta mexicana), maturadas em barris de amburana, castanheira ou carvalho francês, com Café Catuaí Vermelho (varietal 100% brasileira), Urfa (pimenta leve fermentada e defumada), cacau e baunilha, baunilha e pimenta chipotle e cacau duplo. Além disso, a DUM apresentou a Hussar, uma American Barley Wine com teor alcoólico de 9,4% batizada com inspiração em um tipo de cavalaria da comunidade polaco-lituana.

A empresa também mostrou os frutos de suas novas parcerias: a cerveja 3 e Meio Viking, feita em parceria com a Granobrew, uma Session Lager com lúpulos americanos e óleos essenciais extraídos de flores de lúpulos, com baixo amargor; e a Imperial Resistência Ale, elaborada com a Resistência Cervejeira , com 8% de teor alcoólico, e lupulagem das tradicionais aromáticas Imperial IPAS, com a coloração avermelhada tradicional das red ales.

Rebecca MaruggiPara Rebeca Maruggi, apreciadora de cervejas especiais que também esteve presente no evento, um dos grandes destaques foi a organização. “Foi diferente de tudo que já tinha ido. Uma organização excelente, pessoas educadas no atendimento, cervejas ótimas,  lugar incrível, a mistura de arte com cerveja, todos os tipos de pessoas, famílias, crianças, animais… e claro uma banda muito boa. Estão de parabéns!”. Ela começou a degustar cervejas especiais há aproximadamente 2 anos, por influência do namorado, sócio da cervejaria Infected Brewing Co. de Santos, SP. “Fui conhecendo cada estilo, provando algumas marcas nacionais e importadas, tomando algumas caseiras também, outras harmonizando com o estilo da comida e por aí vai… Quando percebi, estava comprando, tendo vontade de rótulos e estilos específicos, escolhendo algumas marcas preferidas, frequentando bares especializados”. Rebecca também destacou suas prediletas do evento: “Fico com as Petroleum maturadas em madeiras: Castanheira, Amburana e Carvalho Francês”.

Já Danielly Caetano, engenheira de alimentos e beer sommeliére, que mora em Curitiba, conta que preferiu focar em degustar os rótulos das cervejarias convidadas. “Praticamente só bebi das cervejas convidadas esse ano. As minhas favoritas foram a Evermex da Cervejaria Everbrew e a Red “Meth” Flanders da Cervejaria Maniba. Acredito que o objetivo da DUM foi festejar seu aniversário fazendo um evento mais democrático, já que o valor do convite não é tão alto quanto o de outros eventos feitos da mesma maneira. Assim, um número maior de pessoas tem a oportunidade de participar do evento gastando pouco ou menos do que gastaria num evento do tipo Open Bar”, analisa.

beer sommeliere Danielly CaetanoA beer sommelier também avaliou a “carta do evento”: “As cervejas disponíveis cobriam vários estilos diferentes, desde cervejas mais leves e refrescantes como as sours. Destaque para a Maracusour (Liffey, de SC), cervejas mais lupuladas como a Prelúdio nº5 (Dogma, SP) e cervejas mais fortes como a english barleywine Extreme Marvada versão Merlot (De Bora, do PR). As cervejas mais caras estavam 15 reais a dose de 150 ml (padrão do evento), a maioria delas eram cervejas mais difíceis de encontrar nos bares curitibanos, então o valor mais alto não desencorajou os frequentadores do evento, tanto que a maioria delas já tinham acabado em menos de 6 horas.  A Petroleum Saison estava muito boa, bem aromática como são as as versões desse rótulo, e ao mesmo tempo bem seca como deve ser uma saison. Curti muito a ideia. Essa Saison foi uma colaborativa das Cervejaria DUM e Maniacs feita especialmente para o evento”.

Encontro do mercado

Para profissionais do ramo cervejeiro, o evento é uma grande porta de abertura de mercado que a DUM a proporciona a microempreendedores, como conta Lucas Domingues, cervejeiro e sócio da paulista Cervejaria Heroica. “A oitava edição do DumDay fez questão de renovar seu status de evento referência do ano. Para nós da Cervejaria Heroica esse evento atinge um patamar ainda mais especial por conta de que foi lá, há 3 anos, que plugamos nosso primeiro keg de Kamikaze IPA, sendo um dos primeiros a secar entre as mais de 70 cervejas! Praticamente é nosso aniversário como cervejaria e somos muito agradecidos pela abertura que o Murilo e o Luiz proporcionam todos os anos para novas figuras na cena, sempre com muitas novidades e colabs nas torneiras.”

Este ano a Heroica apresentou, em parceria com a Juan Caloto (SP) e com a curitibana Bastards Brewing, a Adiós Mister American Pie, uma Sour Apple Pie Moonshine Ale. Essa cerveja leva adição de maçãs caramelizadas flambadas no próprio Moonshine destilado pela Bastards, além de lactose, canela, baunilha e café maturado em barris de Bourbon da Franks Ultra Coffee. O resultado? “Uma verdadeira experiência de beber uma torta de maçã azeda e com a possibilidade de se preparar drinques com a cerveja, como os Whiskey Sours preparados no lançamento oficial dela no bar We are Bastards na noite pré-DumDay”, enfatiza Lucas.

37541933_2141956176087576_5517088901363138560_nO cervejeiro acredita no forte movimento das produções colaborativas para o crescimento do mercado e até mesmo distribuição de produtos. “Na Heroica estamos colocando muita ênfase nas colaborações e parcerias e conseguimos entregar sempre cervejas mais frescas e malucas também em regiões fora de São Paulo. Afinal de contas as Colabs são sempre as cervejas em que nos divertimos mais produzindo, fazemos novas amizades, trocamos experiências, exploramos novas técnicas, descobrimos ingredientes locais e acima de tudo, como ciganos, conseguimos entregar um produto único e original utilizando a geografia em nosso favor. Por conta disso estamos nessa cruzada Heroica pelo Brasil afora, com mais de 15 colabs e muitas outras planejadas, levantando a bandeira da boa cerveja por aí e contribuindo para a cena atingir novas fronteiras.”

Sobre os rótulos dos anfitriões, Lucas lembra que conforme a noite foi caindo e a temperatura também, os copos tmabém foram “escurecendo” com as variantes de DUM Petroleum. “Ficamos surpresos com a Petroleum Urfa, totalmente fora do eixo”.

O que vem por aí?

Confira alguns eventos já confirmados para as próximas semanas e meses:

- Mondial de La Biere Rio,  5 a 9 de setembro: em sua sexta edição, será realizado novamente no Píer Mauá, nos Armazéns 2, 3 e 4. É um dos principais eventos para degustação e difusão da cultura cervejeira no mundo, sendo o primeiro a ter duas edições anuais no Brasil (este ano aconteceu a primeira edição em São Paulo, no primeiro semestre), confirmando um mercado cervejeiro forte e um público sempre em busca de novidades. Anualmente, novos consumidores procuram o festival como uma porta de entrada para o mundo das artesanais, em ávida expansão. O evento apresentará diversas cervejarias que participam pela primeira vez do evento, algumas delas: Viper, Brewlab, Kremer, Matisse, Primata, Show de Bola, Viquim, Dream Bier, Thirst Howks, Halve Maan, entre outras. Mais informações: http://www.mondialdelabiererio.com/

- Festival Amazônico de Cerveja e South Beer Cup 2018, 6 a 9 de setembro: em sua terceira edição, o Festival terá como participantes já confirmados Roleta Russa, Amazon Beer, Colorado, Pagan, Rock Bird, Morada Cia Etílica, Three Monkeys, Cervejaria Campinas, Altamira, Wings, Gauden Bier, Wensky, entre outras. O destaque desse ano fica por conta da realização em paralelo do South Beer Cup, considerado a “Copa Libertadores das Cervejas”, que será realizada pela primeira vez na Amazônia. Nesta oitava edição o SBC contará com 60 juízes e 1500 cervejas de centenas de cervejarias de países como o Brasil, Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Paraguai, Peru e Uruguai. Mais informações: http://festivalamazonicodecerveja.com.br .

Cervejaria-campinas

- Encontro da Cerveja Artesanal Brasil, 19 e 20 de outubro: referência entre os maiores eventos cervejeiros do ano o Encontro de Cerveja Artesanal São Paulo mudou de nome, seguindo a sua abrangência. Idealizado pela ‘marketóloga’ e empresária Lisa Torrano, o evento que deu origem ao bar Cerveja Artesanal São Paulo possui um modelo que conta com estrutura open bar e este ano trará diversas inovações, pensando em atender tanto ao público quanto aos empreendedores cervejeiros. “Já estamos trabalhando com cervejarias de vários Estados do País. Não fazia mais sentido continuar com o nome ECASP, por isso alteramos para ECAB”, explica Lisa. Para quem não conhece, o Encontro teve sua primeira edição no bar Capitão Barley, no bairro de Perdizes, SP, em 2014, e recebeu aproximadamente 250 pessoas compareceram. Com isso, Lisa percebeu o potencial de crescimento do mercado cervejeiro, com tantos apreciadores dividindo a paixão por uma bebida ainda pouco explorada e sobre a qual pouco se conhecia. Agora em 2018 o evento será realizado nos dias 19 e 20 de outubro, no Centro de Eventos São Luís, também no Centro de São Paulo (Rua Luis Coelho, 323 – Consolação SP). Todas as cervejarias deverão levar pelo menos um rótulo que será lançado durante o encontro. “O ECAB é um evento que atende tanto aos interesses do público consumidor, que vai ao evento conhecer novas cervejarias brasileiras e também as novidades das cervejarias que já conhecem, quanto dos proprietários de negócios cervejeiros que no evento tem acesso a cervejarias que muitas vezes ainda não chegaram a seus estabelecimentos, assim falando direto com o produtor e desenvolvendo negociações de produtos quase que exclusivos.” destaca Lisa. Mais informações: https://www.ecab.com.br .

Encontro Cerveja Artesanal Brasil 2018

- Slow Brew Brasil, 3 de novembro: o evento, que será realizado novamente no Centro de Eventos Pro Magno, na capital paulista, reunirá mais de 270 melhores rótulos de cervejas artesanais vindos das mais diversas regiões do Brasil e do mundo. Serão mais de de 70 cervejarias. O termo Slow Brew remete aos conceitos Slow Movement, Slow Life, Slow Food que se difundiram na Europa desde a década de 1980 e difundem a ideia de viver calmamente, valorizando a experiência e todos os momentos da vida. Um apelo para uma vida mais saudável e sem pressa. Slow na língua inglesa significa “devagar” e Brew “fazer cerveja”, ou seja, fazer cerveja ou consumi-la, devagar. Informações completas: https://www.slowbrewbrasil.com.br .

- IPA Day Brasil, 3 de novembro: programado novamente para a cidade de Ribeirão Preto, no interior paulista, o IPA DAy Brasil chega a seu sétimo ano. No festival, serão 40 rótulos das melhores IPAs brasileiras, todas open bar e acompanhadas de excelentes atrações musicais e ótima gastronomia. Uma das novidades nesse ano é a Casa da IPA, um hotel inteiro fechado e exclusivo para participantes do festival. Tradicionalmente também ocorre o Concurso Melhor IPA do Brasil. Mais informações: https://www.facebook.com/IPADayBrasil/

IPA Day Brasil 2018

- Festival da Cerveja POA, Copa da Cerveja POA e Congresso da Cerveja POA, 14 a 16 de novembro: criado para colocar a capital gaúcha definitivamente no mapa cervejeiro do Brasil e da América do Sul, o Festival fortalece a cultura local e dinamizam toda a cena que dá sentido ao projeto. Serão cerca de 50 marcas locais e nacionais que  receberão o público no Largo Cultural do Shopping Total, durante um final de semana com boas cervejas, música e entretenimento. O projeto conta ainda com a Copa das Cervejas POA que visa criar um ambiente de premiação com importância nacional, com juízes internacionais, nacionais e regionais. Em sua segunda edição, a Copa terá como base base o Guia de Estilos da Brewers Association, nesta edição serão 26 categorias ao todo, com o pioneirismo de incluir as Juicy and Hazy Ales e a manutenção do estilo Catharina Sour. Haverá premiação para os melhores representantes de cada categoria, bem como para a Cervejaria do Ano e a cerveja Best-of-Show (melhor cerveja da Copa). Já o Congresso da Cerveja POA receberá alguns dos maiores profissionais do mercado cervejeiro nacional e mundial em um Congresso dividido em dois módulos de conhecimento. A primeira turma oferecerá temas vinculados aos processos produtivos, enquanto a segunda abordará falas sobre serviço, sommelieria e o mercado. Outras informações: https://www.facebook.com/FestivaldaCervejaPOA/ .

Juliana Almeida Colunista de CervejasPor Juliana Almeida:  publicitária, apaixonada por cervejas artesanais e bebidas especiais, sommelier de cervejas em formação, ex-colunista do blog Ladies Bier. Juliana acompanha as principais novidades do mercado para apresentar semanalmente as melhores opções para o segmento profissional. Novidades podem ser enviadas para o e-mail: juliana@revistacartapremium.com.br

Artigos Relacionados

0 Comentários

Ainda não há comentários!

Não há comentários no momento, você quer adicionar um novo?

Escrever um Comentário

Escrever um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados *

7 + treze =

Deguste o melhor espírito brasileiro

No top 3 da qualidade

Primeiro gim brasileiro a ganhar medalha internacional

Especiais para coquetelaria

Espíritos especiais e brasileiros

Entre as melhores mundiais

Exclusividade brasileira premiada nos EUA

A revelação internacional do ano

Conheça e comprove a excelência

LInha excepcional

Cervejaria de Excelência

Para os melhores empreendimentos

Destilado único e especial

Cerveja Premiada para sua Carta?

Referência do Nordeste

Rótulos singulares

Unicamente brasileira

Entre os melhores do Brasil!

Especialíssima

Nobreza Premiada

Vinhos aprovados por especialistas

No lista TOP brasileira

Pronta para servir e conquistar

Uma geração de qualidade

Vinhos de primazia

Padrão de qualidade

Não podem faltar na carta