Revista Carta Premium

COMEÇANDO MUITO BEM: segundo semestre abre com mais reconhecimentos para o Brasil; gins, uísques e uma seleta lista de destilados nacionais recém-premiados

 Extra!

COMEÇANDO MUITO BEM: segundo semestre abre com mais reconhecimentos para o Brasil; gins, uísques e uma seleta lista de destilados nacionais recém-premiados

COMEÇANDO MUITO BEM: segundo semestre abre com mais reconhecimentos para o Brasil; gins, uísques e uma seleta lista de destilados nacionais recém-premiados
agosto 03
18:48 2019

Parabéns ao destilado nacional: concorrendo lado a lado com bebidas de outros 90 países e passando pela rigorosa avaliação de cerca 400 jurados, bebidas aqui produzidas no Brasil abriram as premiações do semestre conquistando importantes medalhas na Inglaterra. Foi no disputado IWSC – International Wine and Spirit Competition, realizado recentemente no Reino Unido.

lebbos_hop_gin_2019Entre os premiados estão o gim Lebbos e o uísque 3 Lobos, ambos produzidos pela cervejaria a destilaria mineira Backer. Ambos receberam medalhas de Prata em suas categorias. O IWSC é um dos mais tradicionais e disputados concursos mundiais de bebidas, realizado há 50 anos no Reino Unido. A competição avalia e premia as melhores bebidas por meio de análises sensoriais e análises.  no painel de degustação. Neste ano foram quase 3.000 inscrições.

No caso da Backer, esta é a quarta medalha do uísque e a segunda do gin, recebidas sa empresa somente em 2019, em concursos internacionais (CLIQUE AQUI e veja reportagem sobre os premiados do primeiro semestre).

O 3 Lobos já havia recebido a Medalha de Bronze no London Spirits Competition e conquistado a vitória na categoria Single Malte e na categoria design de garrafa, na 11ª edição do SIP Awards, realizado na Califórnia (EUA). O gin também conquistou o Bronze na categoria Contemporânea no SIP Awards. O Whiskey 3 Lobos é o primeiro single malte da empresa, e o gim Lebbos se diferencia por ser o primeiro no estilo “hop” do País. Ambos os produtos foram lançados há menos de um ano pelo Backer.  O uísque é bastante frutado, leve e fresca, com notas aromáticas de pera e mel. O primeiro lote produzido teve entre cinco e seis mil garrafas numeradas. Já para produzir seu gim, a Backer decidiu se manter fiel às origens da bebida e usar como ingrediente chave o lúpulo, dando aquele toque cervejeiro ao destilado, que é feito à base de cereais que passam por um processo de infusão com zimbro e outras especiarias.

“Não estamos simplesmente fazendo destilados. Estamos produzindo destilados que contêm matéria-prima cervejeira. Isso é o essencial. O nosso single malte possui características próprias, pois é destilado em pequenas panelas de cobre e feito com malte e fermento cervejeiro. É muito distinto do que se encontra e se conhece no mercado. Trazemos algo novo, jovem, para um público ousado que gosta de inovação, de experimentar coisas diferentes e se encantar com sabores e aromas diferenciados. No caso do gim nossa decisão óbvia foi a adição de lúpulo para dar as características herbais e florais de amargor e aroma que gostaríamos. Escolhemos um malte de cereais da melhor qualidade, bem neutro, para a produção de um gim neutro clássico para que o lúpulo se destacasse mesmo”, declara Paula Lebbos, diretora da Backer.

beg iwscFalando em gim, foi também um brasileiro que ficou com o Ouro em sua categoria: o BEG New World Navy, da paulista BEG Boutique Destilaria. Em  2019 o Beg New World Navy Gin da empresa já havia recebido Medalha de Prata no San Francisco World Spirits Competition, nos EUA, e a empresa a medalha  “Master” no The Spirits Business 2019,  evento no qual a emre levou a Prata com a versão Modern & Tropical. Também nessa edição do IWSC o Beg Gin London Dry -44%  também recebeu a Medalha de Bronze.

A bebida é inspirada no Navy Strength, categoria que engloba gins com graduação alcoólica mais alta, de 57% e 58%. Mas o New World Navy tem teor alcoólico de 54%, porque é o máximo permitido pela legislação brasileira. Tem também o dobro da quantidade de zimbro do Beg Brazilian Boutique Dry Gin, sendo infusionado por arraste a vapor e o restante macerado por 24 horas, como na receita original da destilaria. No mesmo evento o Beg Brazilian Boutique Dry Gin levou a Medalha de Bronze. É realmente uma grande conquista para o País essa medalha.

Conheças as outras empresas brasileiras e suas bebidas premiadas no evento:

Cachaça Alambique Brasil: recebeu a Medalha de Prata com a Alambique Brasil Ouro, Blend de Carvalho e Umburana. Com sede em Ortigueira, no PR, a emresa também faturou diversas outras medalhas em 2019, inclusive na China: a versão Prata levou a Medalha de Prata no CWSA Best Value 2019, enquanto a Alambique Brasil Amburana recebeu a Medalha de Ouro no mesmo evento. Apostando no mercado de destilados de alta qualidade, a empresa também lançou no primeiro semestre a sua linha de gins uma trilogia:  AB Gin Força, um dry puro e de excelente presença, o AB  Gin Alegria, que passa por descanso de  seis meses em barris de carvalho, e o AB Gin Liberdade, que está prestes a ser lançado.

ab gin

– Pitu Vitoriosa: é um dos produtos mais premiados da linha da empresa e levou a Medalha de Bronze no evento. É produzida em Vitoria de Santo Antao, em PE. Neste ano Vitoriosa já comemora importantes  medalhas em 2019: Medalha de Prata no The Rum &  Cachaça Masters 2019, Medalha de Bronze no San Francisco  World Spirits Competition; e Medalha de Bronze no Berlin International Spirits Competition. Outros produtos da linha da Pitu  também se destacaram com premiações  no primeiro semestre: Pitu Silver, Medalha de Duplo Ouro no New York International Spirits  Competition; Cachaça, Pitu Gold, Medalha de Bronze no New York International Spirits Competition. A Pitú Vitoriosa passa por 5 anos de envelhecimento em barris de carvalho francês. Apresenta sabor aveludado com notas de especiarias, coco queimado, baunilha, caramelo e amêndoas e uma coloração amadeirada.

Cachaça Tellura Drink- Cachaça Tellura Jequitibá e Cachaça Tellura Prata: também faturaram a Medalha de Prata no evento. No caso da jequitibá, a bebida passa por um mês de armazenamento na madeira e tem graduação alcoólica de 40%. Já a  a Tellura Prata passa por descanso de seis meses em dornas de inox, a fim de melhor equilibrar todas as suas características. Sua graduação também alcoólica é de 40%. É fornecida em garrafas de 670 ml.  A Tellura é fabricada em Campos dos Goytacazes, RJ. Todos os produtos da linha provêm de um cana cujo corte é 100% manual com despalha, sem queima, sem arraste de sujidades e materiais grosseiros; mosto fermentativo totalmente natural, sem adição de produtos químicos. Pela sua alta qualidade, a Cachaça Tellura faz parte da carta de empreendimentos como Fasano, Copacabana Palace, Hotel Santa Teresa, Academia da Cachaça, Garoa, Bagatelli, Lasei, Fogo de Chão, entre outros. No finalzinho do primeiro semestre, no maior evento do destilado brasileiro, a empresa já tinha recebido um Medalha de Ouro para a sua versão Amburana, no Concurso de Degustação às Cegas da Expocachaça. (CLIQUE AQUI e veja reportagem sobre a empresa em nossa última edição).

Resultados do Concurso Vinhos e Destilados do Brasil

Há poucos dias foi anunciado o resultado da décima sétima edição do  Concurso Vinhos e Destilados do Brasil, para o qual mais de 240 destilados concorreram em 2019. Cerca de 30% conquistaram medalhas na avaliação dos jurados e o melhor: as bebidas eram provindas de 13 Estados do Brasil, do Rio Grande do Sul ao Maranhão, comprovando mais uma vez como a produção de cachaça de qualidade se espalha pelo território nacional.

Confira a lista de destilados premiados:

Medalha Grande Ouro (equivalente a um Duplo Ouro)
Linha Poço da Pedra- Cachaça Saracura Carvalho;
– Cachaça Pai Vovô Ouro;
– Cachaça Cabaré Extra Premium 15 Anos;
– Cachaça da Quinta Prata;
– Cachaça Weber Haus 6 Anos Extra Premium;
- Cachaça Poço da Pedra Jequitibá Rosa; (veja AQUI reportagem sobre a empresa).
– Cachaça Ypióca 150;
– Vodka Kovac Prime;
– Cachaça Harmonie Schnaps;
– Cachaça Prosa Mineira Reserva;
– Cachaça Catarina Reserva Cabreúva;
– Cachaça Dose Clássca Ouro Castanha do Pará;
– Cachaça Portal da Baracéia Gabrielinha ;
– Guaaja Tiquira Carvalho;
– Licor Casa Bucco Fascínio;
– Cachaça Velho Alambique Orgânica Premium Carvalho.

Medalha de Ouro
Brunholi Extra Premium- Cachaça Decisão Amburana e Bálsamo;
– Thoquino Fernet Amaro ;
– Brasilberg, Casa Underberg;
– Cachaça Casa Bucco Amburana;
– Cachaça Brisa Ouro;
Cachaça Seleta;
– Cachaça Catarina Reserva Jequitibá;
– Cachaça Vila Tapera Soberana;
– Cachaça Baraúna Carvalho;
Cachaça Vecchio Albano Extra Premium; (veja AQUI reportagem sobre a empresa)
– Guaaja Tiquira Amburana;
– Cachaça Brunholi Extra Premium;
– Cachaça Ypióca 5 Chaves;
– Cachaça Weber Haus Premium 7 Madeiras;
– Gin Nick’s London Dry;
– Cachaça Cobiçada da Paraíba Amburana;
– Licor Casa Bucco Café;
– Cachaça Dom Tápparo 12 anos;
– Cachaça Sr. Brasil Prata;
– Cachaça Catarina Única 2015;
– Cachaça Vila Tapera Peroba do Campo;
– Cachaça Fazenda Soledade Prata; (Veja AQUI reportagem sobre a empresa)
– Aguardente Ypióca 160;
Musa Aguardente de Banana Prata- Aguardante de Banana Musa. (Com uma linha especial que inclui inclusive aguardente de pera, licor de lichia e cerveja fruit beer de banana, a Musa foi um dos destaques de nosso último workshop sobre coquetelaria e encantou os bartenders trazendo um destaque especial para os drinques preparados pelo vencedor do World Class Competiton 2019, o chef de bar Gabriel Santana. CLIQUE AQUI e veja fotos)
– Cachaça Filippini Ouro Carvalho
– Cachaça Samanaú Prata
– Cachaça Sanhaçú Orgânica Carvalho
– Cachaça Vila Tapera Cerejeiro
– Cachaça Werneck Premium Ouro
– Cachaça Wiba! Amburana
– Dry Gin WH 48 Pink
– Gin Torquay
– Grappa Família Fardo
– Cachaça Premissa Tradicional 2013

Medalhas de Prata
– Cachaça Orgânica Sanhaçu Freijó;
– Cachaça HBS Homero Batista dos Santos;
– Cachaça Reserva do Coronel Blend;
Cachaça do Anjo Blend Especial; (confira AQUI reportagem sobre a empresa)
– Cachaça da Quinta Carvalho;
– Cachaça Dom Tápparo Extra Premium 10 anos;
– Cachaça Tragaluz Brisa da Serra;
– Cachaça Antonio Rodrigues (Seleta);
– Cachaça Papary Prata;- Cachaça Filippini Ouro Amburana;
– Vodka de Cereais Stoliskoff;
Cachaça Sagrada Drinks- Cachaça Sagrada;
– Weber Haus Dry Gin WH 48;
Cachaça Wiba! Prata; (leia AQUI reportagem sobre a empresa)
– Weber Haus Prata;
– Cachaça Margô Premium;
– Cachaça Gregório Premium;
– Cachaça Orgânica Velho Alambique Premium Cabreúva;
– Cachaça Saliboa;
– Cachaça Casa Bucco Extra Premium;
– Cachaça Portal da Baraceia Carvalho;
– Cachaça Ibituruna Anfitrión.

Artigos Relacionados

0 Comentários

Ainda não há comentários!

Não há comentários no momento, você quer adicionar um novo?

Escrever um Comentário

Escrever um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados *

14 − 10 =

Ícone: Antonio Benedetti Extra Premium

Novidade de destaque

Entre os melhores destilados mundiais

Do terroir paranaense

Acesse na íntegra nossa última edição!

Tradição e Excelência em Destilados

Entre as mais premiadas no mundo

De renome internacional

Na mais alta patente da qualidade

Premiada no Oscar da Cerveja Mundial

Impossível não ter na sua carta

Opção de excelência

Paulista multipremiada

Premiada cervejaria paulista

Pureza e suavidade desde 1932

Gim brasileiro de destaque mundial

Excelência do terroir gaúcho

Muita brasilidade, tradição e qualidade

Destilado Premiado e Cervejas Especiais

Entre as melhores cervejas brasileiras

Um toque a mais de excelência

Entre as mais premiadas do País

O verdadeiro destilado ancestral brasileiro

Premiada na China, na Polônia …

Entre os melhores destilados do mundo

Simplesmente no topo das avaliações

Cerveja Brasileira Conquistando o Mundo