Revista Carta Premium

VINHOS DE DAR ORGULHO… e R$ 1,5 MILHÃO EM NEGÓCIOS: empresas brasileiras são destaque na Alemanha; vinícolas nacionais comemoram medalhas recebidas no Concurso de Bruxelas

VINHOS DE DAR ORGULHO… e R$ 1,5 MILHÃO EM NEGÓCIOS: empresas brasileiras são destaque na Alemanha; vinícolas nacionais comemoram medalhas recebidas no Concurso de Bruxelas

VINHOS DE DAR ORGULHO… e R$ 1,5 MILHÃO EM NEGÓCIOS: empresas brasileiras são destaque na Alemanha; vinícolas nacionais comemoram medalhas recebidas no Concurso de Bruxelas
abril 11
15:19 2017

Dez vinícolas brasileiras voltaram recentemente da Alemanha após uma ótima participação na maior feira mundial do setor, a Prowein , que reúne anualmente mais de 6 mil expositores e 55 mil visitantes. E na bagagem, além dos elogios dos visitantes, que apreciaram a qualidade dos nossos vinhos, trouxeram também cerca de R$ 1,5 milhão em negócios gerados!

A presença das empresas brasileiras foi mais uma ação A ação do projeto setorial Wines of Brasil, desenvolvido pelo Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), por meio do Fundo de Desenvolvimento da Vitivinicultura do RS (Fundovitis) em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).

Wines of Brazil - Prowein
Durante a feira, o estande do Wines of Brasil foi visitado por importadores e experts internacionais e a produção vitivinícola nacional ganhou destaque em publicações especializadas europeias. A projeção das 10 vinícolas brasileiras que participaram da ProWein – a maior feira de vinhos do mundo – foi superada em quase 60%. O montante de R$ 1,5 milhão será atingido nos próximos 12 meses e foi resultado de mais de 250 contatos comerciais feitos em três dias de realização do evento. Entre os países com maior interesse pelos vinhos brasileiros estão importantes mercados para a bebida no mundo, como Reino Unido, Estados Unidos, Alemanha e China, e também países com procura mais recente pelo produto nacional, como Canadá e Peru.

As vinícolas que representaram o Brasil em sua 13ª participação na exposição foram a Aurora, Basso, Casa Perini, Casa Valduga, Don Guerino, Lidio Carraro, Miolo, Peterlongo, Pizzato e Salton, que apresentaram principalmente rótulos campeões e premiados de concursos internacionais. “O Brasil, hoje, é reconhecido pelo trade especializado como um importante país produtor de vinhos do Novo Mundo. Além disso, somos reconhecidos internacionalmente como um produtor de espumantes de excelente qualidade. Outro destaque é a consolidação e a ampliação dos canais de distribuição dos nossos vinhos nos principais países-alvo das exportações brasileiras”, resumiu o gerente de promoção do Ibravin, Diego Bertolini.

Ele também relatou a presença de grandes críticos no estande brasileiro na ProWein. Entre eles, o responsável pelo lendário Julgamento de Paris e fã declarado do vinho brasileiro, Steven Spurrier, da revista britânica Decanter, e Felicity Carter, editora da alemã Meininger’s Wine Business Magazine. Ambas as publicações estão entre as principais do segmento na Europa. Durante o período da feira, a vitivinicultura brasileira também figurou na capa da revista austríaca Falstaff. A matéria especial aborda os produtores sul-americanos da bebida, com destaque para o Brasil.

E momento é bem positivo para as vinícolas nacionais. Em 2016, elas ampliaram o valor das exportações para os países europeus em 10% em relação ao ano anterior, com a comercialização de US$ 1,24 milhão. Em volume, as vendas atingiram 272,2 mil litros, alta de 7,6% sobre 2015, remetidos para 11 países. No total, o vinho brasileiro foi comercializado para 36 países no ano passado. As vendas resultaram em US$ 5,9 milhões em 2016, o que representou um aumento de 45% em relação a 2015. Em volume o crescimento foi semelhante: 43% a mais, com a venda de 2,2 milhões de litros. Nos espumantes, o incremento foi de 20%, com a comercialização de 174 mil litros.

Miolo - Prowein - 2017

Entre as empresas de destaques participantes estavam a Miolo, que destacou a sua linha de espumantes Cuvée Tradition e lançamentos como a linha Seival, criada especialmente para o mercado externo. “Estamos certos de que a apresentação da Seival na Prowein trará excelentes negócios para a Miolo na Europa, onde nossos produtos já são reconhecidos e amplamente consumidos. Adaptar os vinhos para o mercado internacional é uma decisão estratégia que considera as particularidades e preferências dos consumidores de outros países. Essa percepção e essa identificação são resultado do trabalho exitoso de nosso setor de exportações, que está em constante contato com as tendências de consumo no exterior”, resume Adriano Miolo, superintendente do grupo.

Na linha Cuvée, o destaque foi o Tradition Brut, que em 2016 foi o espumante nacional mais apreciado em Paris. Nas versões Cabernet Sauvignon, Merlot, Tannat, Pinotage, Chardonnay, Riesling e Sauvignon Blanc, os vinhos Seival trazem rótulos desenvolvidos exclusivamente para a linha internacional, direcionada para os entrantes no mundo do vinho, pois os produtos são leves, descomplicados e de excelente custo-benefício.

Essa grande conquista deu origem a uma campanha internacional inédita: um lote do espumante repousa, neste momento, em uma cave submersa no mar da região da Bretagne, na França, de onde será retirado no segundo semestre de 2017 e comercializado em edição especial e limitada no Brasil e na Europa.

Valduga

Já a Valduga apresentou rótulos premiados durante a ProWein. A vinícola foi representada por Luisa Valduga, embaixadora do Grupo na Europa, Elisa Walker, coordenadora de exportação e pelos executivos Juciane Casagrande, diretora comercial da Famiglia Valduga, Jones Valduga, diretor da Domno Importadora e por um dos proprietários, o enólogo João Valduga. “Participar de eventos como esse é uma excelente oportunidade de divulgar os nossos produtos e também uma chance para atrair novos compradores”, comemora Luisa Valduga. “Estamos muito felizes em apresentar os rótulos da Casa Valduga na Alemanha, um dos maiores importadores mundiais de vinhos. Esperamos que a nossa participação na feira ajude a ampliar a nossa presença em todo o mundo”, finaliza.

Falando em bebidas premiadas…

Finalizada na última sexta-feira, em Bento Gonçalves, no RS, a 15ª edição do Concurso Mundial de Bruxelas Edição Brasil (Concurso Nacional de Vinhos e Destilados) avaliou rótulos brasileiros de destaque no cenário nacional e internacional, ajudando a promover o setor vitivinícola e de cachaça artesanal e de alambique.

Com degustações às cegas realizadas por um júri renomado composto por jornalistas brasileiros e estrangeiros, especialistas nas bebidas, sommeliers, chefs e consultores da área, o evento é realizado anualmente pela Vinopres, empresa belga que organiza o evento em nível mundial. Veja a seguir os vinhos que conquistaram o time seleto de paladares:

VINHOS QUE RECEBERAM MEDALHAS GRANDE OURO (equivalente a duplo ouro)

- Aracuri Merlot – Aliprandini e Meyer 2012 (veja matéria exclusiva com a empresa!)
– Aurora Reserva Merlot – Vinícola Aurora
– Garibaldi Moscatel Espumante – Cooperativa Vinícola Garibaldi
Aracuri  ilutrar- Milantino Gran Vino – Milantino
– Miolo Millésime Brut – Miolo Wine Group
– Moscatel Espumante – Vinícola Panceri
– Quinta da Orada Corte (46% Tannat, 36% Cab. Sauv., 18% Merlot) – Casa Marques Pereira
– Panceri Brut – Vinícola Panceri
– Peruzzo Merlot 2012 – Vinícola Peruzzo
– Raízes Sauvignon Blanc – Casa Valduga
– Rio Sol Brut Branco Premium – VitiVinícola Santa Maria
– Salton Desejo Merlot – Vinhos Salton
– San Michele Barone – Vinícola San Michele
– San Michele Tridentum – Vinícola San Michele
– Settimana in Cantina Merlot – Vinícola Zanella
– Sfera Merlot – Vinícola Arbugeri
– Torii Cabernet Sauvignon – Vinícola Hiragami
– Victoria Geisse Extra Brut Vintage Gran Reserva – Vinícola Geisse
– Villa Europa Merlot VE – Spa do Vinho/Harvest
– Wine Club Franco Italiano (corte) – Vinícola Franco Italiano

VINHOS QUE RECEBERAM MEDALHAS DE OURO

– Casa Pedrucci Brut Rosé – Vinícola Pedrucci
– Casa Pedrucci Reserva Brut – Vinícola Pedrucci
Dom Guerino - ilustrar- Casa Venturini Chardonnay Reserva – Casa Venturini
– Don Guerino Sinais Moscato Giallo – Vinícola Don Guerino
– Don Guerino Sinais Riesling – Vinícola Don Guerino  (veja algumas das últimas premiações da empresa)
– Habitat Alta Gama – Don Bonifácio
– Identidade Marselan – Casa Valduga
– Imortali – Vinícola Santa Augusta
– Rio Sol Brut Branco – VitiVinícola Santa Maria
– Rio Sol Gran Reserva Touriga Nacional – Vitivinícola Santa Maria
– Rio Sol Premium – VitiVinícola Santa Maria
– Salton Paradoxo Brut – Vinhos Salton
– San Michele Riserva – Vinícola San Michele
– San Michele Maso Alto – Vinícola San Michele
– Torii Merlot – Vinícola Hiragami
– Villa Europa Merlot VE – Spa do Vinho/Harvest
– Villa Europa Merlot VE – Spa do Vinho/Harvest
– Villa Europa Merlot VE – Spa do Vinho/Harvest
– Zanella Brut – Vinícola Zanella
– Zanella Merlot – Vinícola Zanella

VINHOS QUE RECEBERAM MEDALHAS DE PRATA

– Aracuri Pinot Noir – Aliprandini e Meyer
– Brandina Assemblage – Marco Antonio Carbonari
rio sol - ilustrar- Casa Pedrucci Reserva Nature – Vinícola Pedrucci
– Cave Amadeu Rosé Brut – Vinícola Geisse
– Milantino Reserva Cabernet Sauvignon – Milantino
– Quinta Don Bonifácio Brut Rosé – Don Bonifácio
– Rio Sol Syrah – VitiVinícola Santa Maria (saiba mais sobre a empresa em reportagem exclusiva)
– Rio Sol Gran Reserva Alicante Bouschet – VitiVinícola Santa Maria
– RioBravo Brut – Vinícola Mioranza
– Salton Classic Malbec – Vinhos Salton
– San Michele Brut 18 Meses – Vinícola San Michele
– Torii Cabernet Sauvignon – Vinícola Hiragami

Artigos Relacionados

0 Comentários

Ainda não há comentários!

Não há comentários no momento, você quer adicionar um novo?

Escrever um Comentário

Escrever um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados *

16 − 8 =

7a. Edição: leia agora mesmo na íntegra!

Cervejas Especiais

Sabor que conquista

Linha excepcional

O prazer da descoberta

Sabores Inigualáveis

Em sinergia com a qualidade e inovação

Cerveja com Classe

Cachaça de Terroir

Única em todos os sentidos

Alto padrão de qualidade

Colecionadora de Medalhas

Espíritos especiais e brasileiros

Tradição e uma história nobre

Nobreza Premiada

No lista TOP brasileira

Entre as Melhores do Continente

Entre as mais premiadas em 2018

Tradição Italiana, Brasilidade e Excelência

Cerveja padrão de excelência

Premiada internacional da ‘Capital do Chope’

Deguste o melhor espírito brasileiro

Especiais para coquetelaria

Entre as melhores mundiais

Primeiro brasileiro com medalha internacional

Cachaça Artesanal Mineira

No top 3 da qualidade

Exclusividade brasileira premiada nos EUA

Cerveja Premiada para sua Carta?

Excelência em destilados premiados

Uma geração de qualidade

Acesse na íntegra nossa última edição!