Revista Carta Premium

‘OBRA-PREMIUM’ BRASILEIRA: elegância no corpo, delicado aroma, maravilhosa em boca… a história da Guaaja Tiquira e um especial de drinques by Jéssica Sanchez

 Extra!

‘OBRA-PREMIUM’ BRASILEIRA: elegância no corpo, delicado aroma, maravilhosa em boca… a história da Guaaja Tiquira e um especial de drinques by Jéssica Sanchez

‘OBRA-PREMIUM’ BRASILEIRA: elegância no corpo, delicado aroma, maravilhosa em boca… a história da Guaaja Tiquira e um especial de drinques by Jéssica Sanchez
outubro 24
16:40 2017

Destilado obtido a partir do mosto fermentado da  mandioca, com grau alcoólico de 40%, a tiquira é um símbolo do ‘Made in Brazil’ tipo exportação.

“O mercado sempre busca por  novos produtos e o nosso, apesar de ser novo no mercado, é o destilado ancestral de Garrafa Guaaja Tiquiranosso País’,  apresenta Margot Stinglwagner, fundadora e CEO da Tiquira Brasil, empresa que produz a Guaaja Tiquira e vem se destacando no segmento de bebidas especiais. A Guaaja já marca presença na carta de empreendimentos de alto padrão por todo o País – o que também deve fazer de forma internacional já que há interesse de exportar a bebida, tamanha a sua aceitabilidade. Faz parte hoje de menus seletos, como do Fasano, Emiliano, Caesar Park, Sheraton Barra, Yoo2  Rio, Praia Ipanema Hotel, Íbis São Luís, Minas Tênis  Clube, Academia da Cachaça Leblon,  Vizinho Gastrobar,  Nambu Restaurante, Must Bar do Tivoli Mofarrej Hotel,  entre outros.

Devido ao sua excepcional qualidade, ótima adaptação às melhores receitas em mixologia e apreciação dos paladares mais exigentes na degustação, vem conquistando profissionais como Raphael Zanon, sommelier do restaurante Satyricon, do RJ. “É um reforço altamente brasileiro no mercado de bebidas especiais, que é capaz de impressionar o mundo. Representa o melhor que se possa realizar de um destilado. Tem força na sua expressão e elegância no seu corpo. É obtida da melhor mandioca, selecionada e cultivada cuidadosamente, fermentada e destilada com muito  talento e carinho, utilizando alambiques de cobre como  nas melhores destilarias. Desta forma é qualidade capaz  de defini-la como uma  obra-prima maranhense. Possui delicados aromas de flores brancas e é  maravilhosa em boca se apresentando macia porém  decisiva, harmônica e estruturada. Com uma altíssima  elegância e uma persistência longa porém agradável. Para apreciar ao máximo sua exuberância, aconselho servi-la gelada a uma temperatura de aproximadamente 4  graus celsius. É ótima para aperitivo antes das refeições ou como digestivo e até para acompanhar uma boa  gelatina de frutas”.

Encontro ao acaso, produção de excelência

Margot comenta que foi por acaso também que redescobriu  o produto. “Inicialmente cheguei ao Maranhão com  proposta de construir uma pousada de charme na cidade  de Santo Amaro, nos Lençóis Maranhenses. O projeto não  foi adiante, mas como eu aluguei casa lá para  acompanhar a construção da mesma comecei a frequentar a  cidade. Foi numa festa típica do boi, fazendo parte na  roda de matracas em que passam bebidas para os  brincantes, que tive o primeiro contato com esse  destilado, a tiquira, totalmente desconhecido para mim  e a maioria dos brasileiros”.

Mesmo abdicando do projeto da pousada, a empreendedora manteve a proposta de desenvolver atividades na região. “Foi quando lembrei da tiquira. Como não entendia nada de destilação resolvi fazer um curso para aprender a  alambicar, e então me surpreendi quando soube que coincidentemente meu pai tinha o projeto de montar um   MARGOT - FOTO ANA BRANCOalambique de qualidade quando se aposentasse da cervejaria na qual trabalhava, posto que por cláusula de confidencialidade não poderia produzir cerveja durante um bom tempo. Isso me animou ainda mais no projeto, que se tornou um desafio”

Foi em 2015 que a empresária lançou a sua versão do destilado ancestral brasileiro, 100% original do  Brasil, já que a mandioca é brasileiríssima, como ela mesmo cita. “Pensei de inicio em comprar a produção de tiquira do interior, padronizar e engarrafar a mesma, montando então somente uma engarrafadora. Mas quando visitando  os alambiques do interior e constatamos era produzida, vi que isso seria impossível, tendo de começar o projeto do zero, inclusive desenvolvendo  novo processo para produção de tiquira com a mandioca da região, a brava que contém ácido cianídrico. Procurei ajuda no Sebrae para desenvolver o  projeto. O o então consultor da área de bebidas, Sr. Mario Carneiro, inicialmente se mostrou incrédulo com minha proposta de construir uma fábrica, perguntando se tinha conhecimento nesse segmento. Quando comentei que era neta e filha de mestres cervejeiros e, coincidentemente, mencionei que meu pai havia trabalhado anos na Brahma, ele perguntou o nome dele, e respondi que era Max. Foi então que ele perguntou se eu era filha do Stinglwagner. Quase caí para trás quando falou meu sobrenome. Ele também havia trabalhado na Brahma e conhecia meu pai. Marcamos de nos encontrar, e  chegando lá coloquei uma garrafa de tiquira na mesa.  Expliquei de onde vinha e respondi que havia produzido a mesma em minha cozinha, com meu  minialambique no meu apartamento em Ipanema. Bem, aí ele perguntou quando iniciaríamos o projeto. Não foi  fácil chegar ao nosso processo de produção, inédito,  sendo que tivemos ainda que desenvolver equipamentos  específicos para montar a linha, que não é tão simples como a da cachaça”, relembra em detalhes a entrevistada.

Enfim, hoje realidade, o projeto é tanto sucesso que recentemente a Guaaja Tiquira recebeu Medalha de Prata em um dos maiores concursos de degustação às cegas de destilado no País.

Mais informações e loja online no site www.guaajatiquira.com , pelo fone (21) 99966-7786 ou pelo e-mail contato@guaajatiquira.com .



Carta de drinques

Assinada pela excelente barwoman Jessica Sanchez, segue  uma lista de drinques especialmente preparados com  tiquira.

Jéssica (veja entrevista exclusiva nossa!) é Técnica em  Nutrição, sommelier de vinhos e de cachaça e consultora  de bares e restaurantes. É também colunista do portal Mixology News, professora de coquetelaria com fogo em craft cocktails. Foi terceira colocada no World Class Competition – Brasil 2014, e Melhor Bartender da América do Sul  segundo o Concurso Bols Around The World 2014; além de  segundo lugar no World Class Competition – Brasil 2015 e finalista do World Class Competition – Brasil 2017.

SAUDADE
Ingredientes:
– 45 ml de aguardente Guaaja Tiquira
– 15 ml de xarope de açúcar
– 7,5 ml de purê de amora
– 7,5 ml de sumo de maracujá
GUAAJA GINGERPreparo: bater todos os ingredientes com gelo, coagem  fina para copo baixo com gelo novo. Finalizar com ramo  de hortelã

 

GUAAJA GINGER
Ingredientes:
– 45 ml de aguardente Guaaja Tiquira
– 15 ml de suco de grapefruit
– 7,5 ml de xarope de gengibre
– Gelo
Preparo: bater todos os ingredientes com gelo. Coagem  simples para copo baixo com gelo maciço. Finalizar com  spray e zest fino de Taiti e 2 mirtilos

 

GUAAJA OLD IS COOL
Ingredientes:
– 45 ml de aguardente Guaaja Tiquira
– 15 ml de Cynar (aperitivo de alcachofra)
– 15 ml de Campari
GUAAJA PINA SOURPreparo: mexer tudo com gelo. Coagem simples para copo  baixo com gelo novo. Finalizar com zest de Pomelo e folha de  sálvia

GUAAJA PIÑA SOUR
Ingredientes:
– 45 ml de aguardente Guaaja Tiquira
– 15 ml de clara de ovo pasteurizada
– 15 ml de xarope de abacaxi
– 15 ml de suco de limão Taiti
Preparo: bater todos os ingredientes em coqueteleira,  juntamente com casca de limão, para eliminar o cheiro de  ovo. Acrescentar gelo e bater novamente. Coagem simples  para taça coupé pré-resfriada. Finalizar com perfume de  casca de limão, gotas de angostura e fatia de limão  desidratado.

GUAAJA TEMPLE
Ingredientes:
– 45 ml de aguardente Guaaja Tiquira
– 45 ml de Ginger Ale
– 45 ml de suco de Cranberry
Preparo: colocar todos os ingredientes em copo longo  com gelo, nesta ordem, formando uma camada: tiquira,  cranberry e ginger ale. Finalizar com zest de limão Taiti.

Confira a seguir um vídeo sobre a Guaaja Tiquira:

 

Guaaja Tiquira na última edição – LEIA AGORA

A Guaaja Tiquira e as bebidas mais premiads dos últimos meses foram destaques da última edição da Carta Premium. Clique na capa abaixo e leia agora mesmo a edição online:

Carta Premium - capa 4a edição

Artigos Relacionados

0 Comentários

Ainda não há comentários!

Não há comentários no momento, você quer adicionar um novo?

Escrever um Comentário

Escrever um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados *

vinte − dezenove =

No lista TOP brasileira

MAIOR EVENTO DE DESTILADOS ESPECIAIS

Requinte, Exclusividade, Alta Qualidade

Conheça e comprove a excelência

Entre os melhores do Brasil!

Nobreza Premiada

Rótulos singulares

Referência do Nordeste

Somente nos Melhores Bares

Vinhos aprovados por especialistas

Cervejaria de Excelência

Pronta para servir e conquistar

Vinhos de primazia

Cerveja Premiada para sua Carta?

LInha excepcional

Uma geração de qualidade

Harmoniza com a excelência

Especialíssima

Para os melhores empreendimentos

Cerveja para paladares exigentes?

Padrão de qualidade

Entre as melhores mundiais

Produtos mais do que especiais

Cachaça paulistana?

Do interior paulista

Não podem faltar na carta

Destilado único e especial

Unicamente brasileira

Câmaras Frias Especiais