Revista Carta Premium

POR DENTRO DA QUALIDADE: “A cachaça encontra-se no seu melhor momento dos 500 anos de história. Acredito também que, devido ao seu mercado crescente, será um produto de orgulho nacional e terá um destaque que tanto merece em curto espaço de tempo”

 Extra!

POR DENTRO DA QUALIDADE: “A cachaça encontra-se no seu melhor momento dos 500 anos de história. Acredito também que, devido ao seu mercado crescente, será um produto de orgulho nacional e terá um destaque que tanto merece em curto espaço de tempo”

POR DENTRO DA QUALIDADE: “A cachaça encontra-se no seu melhor momento dos 500 anos de história. Acredito também que, devido ao seu mercado crescente, será um produto de orgulho nacional e terá um destaque que tanto merece em curto espaço de tempo”
dezembro 04
16:45 2017

Antes de falar de uma linha inteira de destilados especiais e premiados, vamos indicar alguns reconhecimentos do mercado:
– 2014: Medalha de Bronze na Expocachaça, Categoria Branca Pura, para a Engenho da Cana (Inox)
– 2015: Mundial de Bruxelas, Medalha de Prata para Engenho da Cana (Inox)
Engenho da Cana - Ouro 1l (384x1280)- 2016: Medalha de Bronze na Expocachaça, Categoria Branca Pura, para a Engenho da Cana (Inox); Medalha de Prata, Categoria Madeiras Brasileiras, para a Alambique de Minas Bálsamo; Mundial De Bruxelas, Medalha de Ouro para a Alambique de Minas Bálsamo; Mundial de Bruxelas, Medalha de Ouro para a Nossa Nossa Rainha Amburana.
– 2017: Medalha de Prata na Expocachaça, Categoria Branca Pura, para a Engenho da Cana (Inox); Medalha de Prata na Expocachaça, Categoria, Madeiras Brasileiras, para a Alambique de Minas Bálsamo; Medalha de Prata na Expocachaça, Categoria Madeiras Brasileiras, para a Nossa Rainha Amburana; Medalha de Ouro no Mundial de Bruxelas para a Bola da Vez Amendoim; Medalha de Prata, Mundial de Bruxelas, para a Alambique de Minas (Blend).

Esse minicurrículo mostra que a aposta em produtos de qualidade produzidos pela Engenho da Cana tem ano a ano consolidado não só a marca no mercado, mas também é mais um exemplo dessa nova geração de destilados especiais brasileiros, que se espelham e se comparam aos melhores produtos mundiais do gênero.

Agora sim, um pouco de história

Apaixonado pela bebida, Jacson Dias Morais é sócio-diretor da empresa e lembra um pouco dessa trajetória de percalços, empreendedorismo e muito trabalho: “Sempre fui um apaixonado por cachaça, embora fosse de uma área que não tinha ligação direta com os meios agroindustriais e sim metalúrgicos. A cada dia via o produto ganhar mais destaque no cenário nacional e internacional e ganhando com isso mais apreciadores. Então assim comecei a também enxergar a produção como um negócio que merecia investimentos. Como há 10 anos (em 2007), já tinha uma propriedade rural, resolvi então adquirir algumas mudas de cana de certa variedade. Iniciei então o plantio a fim de multiplicá-las e avaliá-las quanto ao seu desenvolvimento e produtividade para a região que pretendia. Isto foi na cidade de Itabirito, cujo nome do lugarejo e Fazenda veio no futuro agraciar o nome de nossa fábrica e de nossa marca principal, a Engenho da Cana.  Fiz alguns cursos na área e Alambique de Minas - Ouro 700ml (384x1280)me inteirei sobre os processos e questões mercadológicas. No ano de 2009, adquiri então uma nova propriedade, e esta foi escolhida em função das aptidões de agroindústria, para que então pudesse implementar e que fosse exclusivamente voltada para a produção de cachaça . O bendito lugar escolhido foi na Cidade de Ouro Branco, em MG, no Distrito denominado como Cristais. É uma propriedade abençoada pela natureza e pela qualidade da terra vermelha, a terra da batata e a mão de obra nativa de excelência, que tanto seria o nosso diferencial”

Jacson destaca que foi a partir daí, com um novo replantio de mudas e a construção de uma nova fábrica que o grande salto foi dado. “A nova fábrica ficou pronta em 2011. Foi nesse ano que que  constituí a empresa e nossa produção já começava dar o ar da graça com o nosso primeiro destilado. Com o passar dos anos fomos ampliando nosso canavial, atualmente hoje com 15 Ha e galpão com capacidade de armazenamento de 300.000 litros de cachaça. No ano de 2016 recebi como sócio o engenheiro agrônomo Daniel Rocha, que veio para fortalecer os nossos produtos e dar um âmbito comercial que tanto merecia. Assim hoje juntos, trabalhamos com um único propósito, enriquecer a cada dia as marcas com produtos diferenciados e com cada vez mais qualidades em todos os quesitos. Procuramos diferenciar pela variedade de madeiras, sendo Carvalho Francês, Bálsamo, Amburana, Amendoim e Freijó, assim como também pela Pura Inox e pelos Blend dos mais variados. Nos últimos 3 anos iniciamos nossa participação em alguns concursos e em todos eles fomos agraciados  com premiações e medalhas, hoje num total de 12. Estes prêmios vieram para coroar ainda mais a nossa aceitação no mercado nacional e comprovar a nossa qualidade”, pontua o empreendedor.

Sobre a linha de sucesso

O portfólio da Engenho da Cana abrange as quatro marcas indicadas acima: Engenho da Cana, Nossa Rainha, Bola da Vez e Alambique de Minas, além de outras marcas de terceiros produzidas e comercializadas pela empresa, como é o caso da Cachaça De La Vega, já ranqueada entre as 250 melhores do País segundo o Ranking Cúpula da Cachaça na fase de voto popular.

“O destaque está para a nossa Alambique de Minas Ouro (Bálsamo) e a Bola da Vez Prata (Amendoim), dois Nossa Rainha - Ouro 750ml (640x1280)produtos Medalha de Ouro tão bem aceitos e elogiados pelos críticos e mais entendidos do setor, assim como também pelo mercado consumidor, nos seus mais diversos setores. Onde se degusta cria sensações que ficam positivamente na memória e com vontade de quero mais.
Estamos com dois novos produtos em elaboração para lançamento ainda este ano, serão Edições Especiais e Comemorativas. Em breve lançaremos notícias nas mídias especializadas e também ao público consumidor e colecionador nas melhores Cachaçarias e Distribuidoras”, detalha o produtor.

E são muitos os empreendimentos, espalhados pelo País, que tem as versões da Engenho da Cana como ótimas pções na carta: Mercado Central e Distrital de Belo Horizonte, Ronaldo Licores, Laticínios Tupiguá, Cachaçaria AJR dentre outros, além dos premiados Santuário Retrô e o Agosto Butiquim. Entre os distribuidores estão a Savana, que trabalha com praticamente toda a linha de produtos, e a Cachaçaria Nacional, principal parceiro de e-commerce.

“O teor alcoólico é de 40% em todos os nossos produtos. Nossas Cachaças, na sua essência, criam quando degustadas uma sensação agradável, suavizada e com muita fragrância. Harmonizam bem com os mais diversos pratos e petiscos devido à variedade de sabores e aromas que  possuem e é difícil ter um prato da nossa rica gastronomia que não combine com um de nossos produtos”, comenta Jacson.

Falando em harmonizações, Jacson traz algumas ótimas sugestões: “A Engenho da Cana Ouro, envelhecida por dois anos em Carvalho Francês, vai muito bem com o mais tradicional tira-gosto de cachaça, o famoso torresmo de barriga. Já a Alambique de Minas Ouro (Bálsamo) combina muito com um tira gosto muito famoso no Mercado Central de Belo Horizonte, que é o Fígado com jiló. Também para finalizar um belo jantar onde o prato principal tenha sido um peixe assado ou uma muqueca a Nossa Rainha Ouro (Amburana) servida gelada ou somente resfriada substitui primorosamente o tradicional licor”.

Mercado potencial externo
Bola da Vez - Prata 1l (384x1280)
Como empresário, Jacson mensura também como está a demanda e o reconhecimento da cachaça no mercado internacional. “Hoje acredito que a cachaça encontra-se no seu melhor momento dos 500 anos de história. Acredito também que, devido ao seu mercado crescente, será um produto de orgulho nacional e terá um destaque que tanto merece em curto espaço de tempo. Para isso, trabalhamos e acreditamos  que ainda podemos melhorar e muito contribuir, para o sucesso do melhor destilado do mundo, a nossa querida Cachaça de alambique. Ainda não atingimos o mercado externo, não diretamente. Sabemos desse potencial, porém, ainda neste momento acreditamos que temos que fazer valer bem e fazer o público brasileiro conhecer de fato a Cachaça e ter orgulho dela. Isso valerá muito para o futuro da bebida, principalmente a partir do momento que o próprio brasileiro tiver e demonstrar este orgulho lá fora e dizer este produto é nosso e veio para competir com os melhores destilados do mundo. Quando presenteamos pessoas estrangeiras com nosso produto, percebemos a enorme surpresa e estranheza de certo modo, principalmente quando degustada pura. Até então a conheciam somente em drinques e coquetéis e também aquelas feitas com as aguardentes industriais. Isto nos dá uma sensação que há muitos terrenos a serem descobertos. A aceitação é muito grande e para quem já conquistou o mercado interno, vale a pena avançar as fronteiras. Qualquer estabelecimento comercial  pode adquirir nossos produtos. Temos uma gama enorme e acessível a qualquer classe econômica. Produtos de A a Z, que com certeza atendem à rede Hoteleira, bares, restaurantes, lojas de souvenires, cachaçarias, e outros. As cartas são facilmente elaboradas e definidas em função da nossa variedade. Os chefs sempre terão facilidade de harmonização”.

A Engenho da Cana recebe visitas agendadas em sua sede e está caindo uma melhor estrutura para recepcionar os turistas, estudantes e entusiastas. Mais informações: (31) 3654-2172, contato@engenhodacana.com.br, no Facebook www.facebook.com/engenhodacana e no site www.engenhodacana.com.br .

Engenho-da-Cana_banner

Drinque especialíssimo

Criado no Cachaça Social Club (CSC) na Lapa, Rio de Janeiro, pelo Ale Ferreira (www.facebook.com/classicbarman), segue sugestão de drinque que leva o nome da casa:

Drinque Cachaça Social Club (CSC)
Ingredientes
– 50 ml de Cachaça Engenho da Cana Prata
– 10 ml de suco de limão Taiti
– 20 ml de redução de maçã com wasabi
Preparo: é só completar com refrigerante de limão e gelo. É um coquetel muito refrescante e saboroso que vai muito bem no clima quente do Rio de Janeiro.

Bola-da-Vez-banner

Destaque na última edição

As medalhas recebidas pela Engenho da Cana e outras cachaças e destilados premiados brasileiros foram temas de reportagens em nossa última edição. Confira pelo LINK ou clique na capa abaixo

Carta Premium - capa 4a edição

 

 

Artigos Relacionados

3 Comentários

  1. Daniel
    Daniel dezembro 06, 06:12

    Essa linha de cachaças é excelente! Já experimentei todas, mas a Nossa Rainha Ouro é diferenciada!

    Responder a este comentário
  2. gold price history
    gold price history dezembro 28, 00:06

    great issues altogether, you just gained a brand new reader.
    What could you recommend about your post that you made some days ago?
    Any sure? http://www.oddcast.com/affiliates/entry/?spdirect=1&affId=75895&promotionId=17691&link=https://goldprice.com

    Responder a este comentário
  3. gold price history
    gold price history dezembro 28, 00:06

    great issues altogether, you just gained a brand new
    reader. What could you recommend about your post that you made some days ago?
    Any sure? http://www.oddcast.com/affiliates/entry/?spdirect=1&affId=75895&promotionId=17691&link=https://goldprice.com

    Responder a este comentário

Escrever um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados *

14 + 12 =

Cerveja para paladares exigentes?

Entre as melhores mundiais

Harmoniza com a excelência

Para os melhores empreendimentos

Cachaça paulistana?

Somente nos Melhores Bares

LInha excepcional

Destilado único e especial

Cerveja Premiada para sua Carta?

Requinte, Exclusividade, Alta Qualidade

Referência do Nordeste

Cervejaria de Excelência

Rótulos singulares

Entre os melhores do Brasil!

Nobreza Premiada

Vinhos aprovados por especialistas

Conheça e comprove a excelência

No lista TOP brasileira

Pronta para servir e conquistar

Uma geração de qualidade

Vinhos de primazia

Especialíssima

Padrão de qualidade

Não podem faltar na carta

Produtos mais do que especiais

Do interior paulista

Unicamente brasileira

Câmaras Frias Especiais