Revista Carta Premium

QUASE 100 CERVEJARIAS MEDALHISTAS E MAIS DE 200 PREMIAÇÕES RECEBIDAS: as últimas premiadas em 2018 e que precisam fazer parte da sua lista

 Extra!

QUASE 100 CERVEJARIAS MEDALHISTAS E MAIS DE 200 PREMIAÇÕES RECEBIDAS: as últimas premiadas em 2018 e que precisam fazer parte da sua lista

QUASE 100 CERVEJARIAS MEDALHISTAS E MAIS DE 200 PREMIAÇÕES RECEBIDAS: as últimas premiadas em 2018 e que precisam fazer parte da sua lista
dezembro 12
18:00 2018

Nosso levantamento de fim de ano, contabilizando apenas 5 de últimas grandes premiações do mercado cervejeiro, é um guia completo de rótulos e cervejarias que não podem falta na sua lista e na carta do seu empreendimeno.  Confira a seguir um apanhado desses concursos, abrangendo praticamente a última quinzena de novembro até a primeira de dezembro. A reportagem completa, destacando um rótulo de cada uma das empresas premiadas estará em nossa próxima edição, que já está em fechamento.

Apenas para começar… Um dois últimos concursos realizados foi o Brüssels Beer Challenge, principal concurso cervejeiro da Bélgica, referência internacional tanto em tradição quanto em inovação cervejeira, e um dos mais importantes do mundo. Neste evento foram nada menos que 24 medalhas recebidas por empresas brasileiras e o segundo lugar como país em número de premiações, ficando apenas atrás dos EUA.

brussels beer challenge 2018

Entre os destaques das premiadas está a Cervejaria Bierbaum, com sede em Treze Tílias, em SC, que, além de faturar uma Medalha de Ouro com a sua Bierbaum Weizenbock, foi condecorada com o Prêmio de “Revelação do Continente Americano” (“Both American Revelation”) com a sua Bierbaum Dunkel.

A Bierbaum Dunkel vem acumulando diversas premiações desde 2012. É uma cerveja escura, de baixa fermentação, médio teor alcoólico, do tipo “Schwarzbier”, com boa formação de creme, sabor levemente suave do malte torrado que vai em sua formulação, com equilíbrio e baixo amargor residual de lúpulo. É mais escura e mais seca que a Munich Dunkel, mas é leve e refrescante com sabor menos torrado e menos amargo se comparada aos de estilos mais escuros, como a Porter ou a Stout. Não é doce como Malzbier. Harmoniza muito bem com carne vermelha, queijo Gruyère, queijo Gouda, queijo Gorgonzola, queijo Provolone e chocolate.

Já a Bierbaum Weizenbock, 100% malte, escura, de alta fermentação e alto teor alcoólico, acompanha muito bem comida chinesa, pato, Goulasch, vitela, carpaccio, carne grelhada, queijo parmesão, Gruyère, gorgonzola e chocolate. Ela tem moderado sabor de trigo (semelhante a pão) combinado com aroma intenso de frutas escuras (ameixa, ameixa-seca, uva-passa ou uva).

Linha da Bierbaum

Aliás a Bierbaum foi destaque em outros dois recentes concursos: a Copa Cerveja POA, em sua segunda edição realizada em Porto Alegre, realizada paralelamente ao Festival da Cerveja POA e a Copa Cerveja Brasil – Concurso Nacional das Cervejas Artesanais Independentes, organizada pela Abracerva. Na primeira, a Bierbaum faturou Medalha de Bronze com o se rótulo Vienna. Já na na segunda, a empresa foi considerada a Melhor Microcervejaria do Ano, com Medalha de Prata para a sua Doppelbock,  Medalha de Ouro para sua Dunkel e também para a sua Doppelbock Bourbon Wood Aged, e Medalha de Bronze para a sua Weizenbock.

Apenas para se ter uma ideia da concorrência, em sua primeira edição a Copa Cerveja Brasil distribuiu 67 premiações para 36 cervejarias. Foram 590 amostras analisadas por cerca de 50 juízes. Já a II Copa da Cerveja POA (Porto Alegre) contou com quase 1.200 concorrentes, o que já coloca o concurso entre os 10 maiores do mundo! Foram 64 julgadores, dos quais muitos nomes de expressão do mercado cervejeiro mundial, entre eles, a bióloga Averie Swanson, Steve Luke (ex-cervejeiro da Elysian Brewing), Pat Fahey (juiz do Great American Beer Festival), Jerry Gnagy (mestre-cervejeiro por oito anos na Bluegrass Brewing) e Megan Garrity (cervejeira da Grenga Brewing, de Lima, e juíza da Copa Cervezera Mitad del Mundo).

festival da cerveja poa

Voltando ainda ao Brüssels Beer Challenge, talvez o principal concurso internacional realizado nas últimas semanas, podemos destacar ainda a Brotas Beer, de SP, que faturou duas Medalhas no evento, sendo uma Medalha de Prata para a sua Dry Stout e uma Medalha de Bronze para a sua Schwarzbier.

A Brotas Beer Dry Stout há pouco tempo já tinha conquistado o título da Melhor do País em 2018 no World Beer Awards. Foi um o destaque da empresa que teve degustação orientada pelo sommelier, docente e consultor Rodrigo Sawamura no II Workshop Compartilhando Experiências de Sucesso, organizado pela Carta Premium e pela Prodrinks Cursos e Consultoria em outubro. Ela traz acentuadas notas de café e malte torrado com um leve aroma de chocolate. De coloração profunda, com reflexos avermelhados, apresenta uma espuma marrom bastante densa e persistente. Harmoniza bem com ostras e frutos do mar levemente adocicados, carnes de caça, feijoada, embutidos e sobremesas com chocolate amargo. Teor alcoólico de 4,5% e 13 IBUs.

Já a Schwarzbier da empresa que também arrematou o título de Melhor do País na Sua Categoria no World Beers Awards 2018 tem aromas maltados de caramelo e chocolate, traduzidos em um paladar torrado suave, equilibrado e suculento, teor alcoólico de 5% e 20 IBUs. Harmoniza bem com pratos escurecidos terrosos ou picantes, como paella espanhola ou toda espécie de embutidos, sanduíches de presunto ou pastrami, principalmente os de pão preto.

Brotas Beer

Check-list  de todos os premiados!

Além desses três concursos citados acima, também foi realizada recentemente mais uma edição do festival Slow Brew, um encontro que reuniu 74 cervejarias, entre nacionais e internacionais, 371 rótulos no total, com 50 lançamentos e 13 produzidos exclusivamente para o evento. Uma das novidades deste ano foi a premiação dos melhores cervejas e cervejarias segundo a avaliação dos participantes do evento.

E vale acrescentar também o European Beer Star, um dos principais concursos cervejeiros internacionais, que divulgou em meados de novembro as premiadas da edição 2018. Seis cervejas do Brasil conquistaram medalhas, sendo duas de ouro, duas de prata e duas de bronze.

Para ajudar você a conhecer cada um dos rótulos brasileiros premiados nos 5 eventos citados, cruzamos as informações e listamos a seguir cada uma das cervejarias e seus rótulos ‘medalhados’, indicando também a que Estado pertence cada uma, a fim de facilitar sua escolha e ajudar na aposta do regionalismo:

REGIÃO SUDESTE

3Orelhas (MG)
– Mares de Minas: Medalha de Bronze na Copa da Cerveja POA 2018 e Medalha de Prata na Copa Cerveja Brasil
– Eleito o “Melhor Brew Pub” na Copa Cerveja Brasil;
– Farmhouse Ale: Medalha de Bronze na Copa Cerveja Brasil;
– Bastiana: Medalha de Bronze na Copa Cerveja Brasil.

3 orelhas

Antuérpia (MG)
– Nikita Hazelnut Stuck, Medalha de Bronze na Copa da Cerveja POA 2018;
– Irish: Medalha de Bronze na Copa da Cerveja POA 2018.

Baden Baden (Heineken do Brasil, SP)
– Chocolate: Medalha de Ouro no Brüssels Beer Challenge 2018;
– Red Ale: Medalha de Ouro no Brüssels Beer Challenge 2018;
– Weiss: Medalha de Ouro no Brüssels Beer Challenge 2018;
– Bock: Medalha de Bronze no Brüssels Beer Challenge 2018;
– Golden: Medalha de Ouro no European Beer Star.

Bamberg (SP)
– Altbier: Certificado de Excelência (Certification Of Excellence) no Brüssels Beer Challenge 2018, Medalha de Ouro no European Beer Star;
– Bamberg Rauchbier: Medalha de Prata no  European Beer Star.

Bohemia (Grupo Ambev, SP)
– Wee Heavy: Medalha de Prata no European Beer Star.

Nego Drama BotocudosBotocudos (MG)
– Nego Drama: Medalha de Prata na Copa Cerveja Brasil.

Brewpoint (ES)
– Dunkel:  Medalha de Prata na Copa Cerveja Brasil;
– Weiss: Medalha de Bronze na Copa Cerveja Brasil.

Brotas Beer (SP)
– Dry Stout: Medalha de Prata no Brüssels Beer Challenge 2018;
– Schwarzbier: Medalha de Bronze no Brüssels Beer Challenge 2018.

Búzios (RJ)
– Brigitte: Medalha de Prata na Copa da Cerveja POA 2018.

Confrades (MG)
– Strong Bitter: Medalha de Prata na Copa Cerveja Brasil.

Dádiva (SP)
– Sudden Life, Medalha de Prata na opa Cerveja Brasil;
– 2xPink Lemonade: Medalha de Bronze na Copa Cerveja Brasil;
– Commonzinha: Medalha de Bronze na Copa Cerveja Brasil.

Dama Bier (SP)
– Pilsen: Medalha de Ouro no Brüssels Beer Challenge 2018;
– Stout:  Medalha de Prata no Brüssels Beer Challenge 2018.

Eisenbahn (Heineken do Brasil, SP)
– Weizenbock: Certificado de Excelência (Certification Of Excellence) no Brüssels Beer Challenge 2018.

ES – Espírito Santo (ES)
– Belgian Dubbel: Medalha de Ouro no Brüssels Beer Challenge 2018;
– Rauchbier: Medalha de Ouro na Copa Cerveja Brasil; 1a. Colocada como “Best of Show” na na Copa Cerveja Brasil;
– Oatmeal Stout: Medalha de Bronze na Copa da  Cerveja Brasil;
– Russian Imperial Stout: Medalha de Ouro na Copa Cerveja Brasil 2018;
– Belgian Dark Strong Ale: Medalha de Ouro na Copa Cerveja Brasil.

Cervejaria FathachFathach (MG)
– Irish Red Ale: Medalha de Bronze no Brüssels Beer Challenge 2018.

Goose Island (Ambev, SP)
– Brewhouse São Paulo: Medalha de Ouro na Copa da Cerveja POA 2018

Hausen Bier (SP)
– Dunkel: Medalha de Bronze no Brüssels Beer Challenge 2018.

Hood Cervejaria (ES)
– Mapa-Mosaic American Pale Ale: Medalha de Ouro na Copa da Cerveja POA 2018.

Kingbier (ES)
– King Ipa: Medalha de Prata na Copa Cerveja Brasil.

Loba (MG)
– Wheatwine: Medalha de Prata na Copa Cerveja Brasil;
– Strong Scotch Ale: Medalha de Bronze na Copa Cerveja Brasil.

Mantrap (MG)
– Eleita a “Melhor Cervejaria Cigana” na Copa Cerveja Brasil.
– Red Trap: Medalha de Bronze na Copa Cerveja Brasil

Mea Culpa (SP)
– Generosidade, Medalha de Ouro na Copa Cerveja Brasil.
– Caridade:  Medalha de Bronze na Copa Cerveja Brasil

Mundo (SP)
– Black Vermont: Medalha de Bronze na Copa da Cerveja POA 2018.

Cervejaria NóiNoi (RJ)
– Passione: Medalha de Prata no European Beer Star 2018, Medalha de Bronze na Copa Cerveja Brasil;
– Avena: Medalha de Bronze na Copa Cerveja Brasil;
– Cioccolato Barile: Medalha de Bronze na Copa Cerveja Brasil;
– Noi Diavolo: Medalha de Bronze no European Beer Star 2018.

Non Dvcor Dvco (SP)
– Brown Ale: Medalha de Bronze na Copa Cerveja Brasil.

Overhop (RJ)
– Hazy: Medalha de Bronze na Copa da Cerveja POA 2018.

Quatro Graus (RJ)
– Maple Black Anthrax: Medalha de Prata no Slow Brew 2018.

Three Monkeys Beer (RJ)
– I’m Sour: 1o. Lugar como “Best of Show” na Copa da Cerveja POA 2018; Medalha de Ouro na Copa da Cerveja POA 2018;
– Considerada a Cervejaria do Ano na Copa da Cerveja POA 2018

Wäls (MG)
– Dubbel, Medalha de Prata no Brüssels Beer Challenge 2018.
–  Session Haze: Medalha de Bronze no Brüssels Beer Challenge 2018.

Zalaz (MG)
– Considerada a “Cervejaria do Ano” no Slow Brew 2018.

REGIÃO SUL

4Árvores (RS)
– Paineira: Medalha de Prata na Copa da Cerveja POA 2018

Cervejaria Além BierAlém Bier (RS)
– Muscat saison Brett Session Beer, Medalha de Ouro na Copa da Cerveja POA 2018;
– Tripel Bett: Medalha de Prata na Copa da Cerveja POA 2018, Medalha de Bronze na Copa Cerveja Brasil;
– Selvatica Stout: Medalha de Bronze na Copa da Cerveja POA 2018;
– Pilsen: Medalha de Prata na Copa Cerveja Brasil;
– Tripel Framboise:  Medalha de Bronze na Copa Cerveja Brasil;
– Dark Sour: Medalha de Prata na Copa Cerveja Brasil.

Al Fero (Cervejaria Nova Trento, SC)
– Witbier: Medalha de Prata na Copa Cerveja Brasil;
–  Oatmeal Stout: Medalha de Bronze na Copa Cerveja Brasil.

Armada (SC)
– Daenerys, Medalha de Prata na Copa da Cerveja POA 2018;
– Smoke is in the Air: Medalha de Prata na Copa da Cerveja POA 2018;
– Old Strapp: Medalha de Bronze na Copa da Cerveja POA 2018.

Baita Bier (RS)
– English Premium: Medalha de Ouro na Copa da Cerveja POA 2018.

Bastards (PR)
– Mark The Shadow: Medalha de Bronze no Brüssels Beer Challenge 2018.

Bierbaum (SC)
– Dunkel: “American Revelation” no Brüssels Beer Challenge 2018 e Medalha de Ouro na Copa Cerveja Brasil;
– Eleita a “Melhor MicroCervejaria” na Copa Cerveja Brasil;
– Vienna: Medalha de Bronze na Copa da Cerveja POA 2018;
– Weizenbock: Medalha de Ouro no Brüssels Beer Challenge 2018; Medalha de Bronze na Copa Cerveja Brasil;
– Doppelbock: Medalha de Prata na Copa Cerveja Brasil;
– Doppelbock Bourbon Wood Aged: Medalha de Ouro na Copa Cerveja Brasil.

Birrifício Frisanco (Dido’s Beer, SC)
– Ricordi: Medalha de Ouro na Copa da Cerveja POA 2018, Medalha de Ouro na Copa Cerveja Brasil; 3a. Colocada como “Best of Show” na Copa Cerveja Brasil.

Blauer Berg (SC)
– Blond, Medalha de Prata na Copa Cerveja Brasil;
– Robust Porter: Medalha de Bronze na Copa  Cerveja Brasil;
– Headspace Oak Aged: Medalha de Bronze na Copa Cerveja Brasil;

Bodebrown (PR)
– Sour Punk (Wild), Certificado de Excelência (Certification Of Excellence) no Brüssels Beer Challenge 2018;
– Wee Heavy Au Syrah: Medalha de Bronze no Brüssels Beer Challenge 2018.

Cervejaria PortoalegrenseCervejaria Portoalegrense (RS)
– Rauchbier: 2o Lugar como “Best of Show” na Copa da Cerveja POA 2018; Medalha de Ouro na Copa da Cerveja POA 2018.

Chaos Brew (SC)
– Let’s Put a Smile on Your Face: Medalha de Prata na Copa da Cerveja POA 2018.

Cozalinda (SC)
– Pedras do Itaguaçu Framboesa, Medalha de  Prata na Copa da Cerveja POA 2018.
– Macacada: Medalha de Bronze na Copa da Cerveja POA 2018.

Edelbrau (RS)
– Altbier: Medalha de Ouro na Copa da Cerveja POA 2018.

Farrapos (RS)
– Guaipeca: Medalha de Prata na Copa da Cerveja POA 2018.

Fellas Beer (RS)
– Abbey Ales Good Good: Medalha de Bronze na Copa da Cerveja POA 2018.

Fruki Cervejaria BellavistaFruki (Cervejaria Bellavista, RS)
– Bellavista Witbier: Medalha de Bronze na Copa da Cerveja POA 2018.

GG Atelier de Cervejas (RS)
– Hop Lager: Medalha de Ouro na Copa da Cerveja POA 2018.

Haenschbier (SC)
– Session IPA, Medalha de Prata na Copa Cerveja Brasil;
– Witbier: Medalha de Bronze na Copa Cerveja Brasil

Heilige (RS)
– Red Ale: Medalha de Bronze a Copa da Cerveja POA 2018.

Hettwer Bier (RS)
– Barley Wine: Medalha de Ouro na Copa da Cerveja POA 2018;
– Pilsen: Medalha de Prata na Copa da Cerveja POA 2018

Hillneck (RS)
– Imperial Porter: Medalha de Bronze na Copa Cerveja Brasil.

Irmãos Ferraro (RS)
– Clementina, Medalha de Bronze na Copa da Cerveja POA 2018;
– Dark Rat: Medalha de Bronze na Copa Cerveja Brasil

Kairós (SC)
– Lombisome Saison: Medalha de Prata na Copa da Cerveja POA 2018.

Königs (SC)
– Rauchbier: Certificado de Excelência (Certification Of Excellence) no Brüssels Beer Challenge 2018.

La Birra (RS)
– Australian Pale Ale: Medalha de Bronze na Copa da Cerveja POA 2018.

Leopoldina (Grupo Valduga, RS)
– Imperial Stout: Medalha de Prata na Copa da Cerveja POA 2018

Lohn Bier CarvoeiraLohn Bier (SC)
– Carvoeira: Medalha de Ouro no Brüssels Beer Challenge 2018, Medalha de Bronze na Copa Cerveja POA;
– Barley Wine: Medalha de Bronze no Brüssels Beer Challenge 2018, Medalha de Prata na Copa Cerveja Brasil;
– Gose: Medalha de Prata na Copa Cerveja Brasil.

Maniacs Brewing (PR)
– Rebellion Kofe: Medalha de Bronze na Copa Cerveja Brasil.

Mater (RS)
– Australian Pale Ale, Medalha de Prata na Copa da Cerveja POA 2018.
– Berliner Weisse: Medalha de Bronze na Copa da Cerveja POA 2018

Narcose (RS)
– Flips-Flops to Heaven: Medalha de Bronze na Copa da Cerveja POA 2018.

Nefasta (On Tap Cervejaria, SC)
– Exilada: Medalha de Prata na Copa da Cerveja POA 2018.

Pata Negra (PR)
– Drunk Monk: Medalha de Prata na Copa da Cerveja POA 2018.

Providência (PR)
– JararAPA Pale Ale 2.0: Medalha de Bronze na Copa Cerveja Brasil.

Roleta Russa (Cervejaria Campo Bom, RS)
– Easy IPA: Medalha de Bronze na Copa Cerveja Brasil.

Salva (RS)
–  Weiss Bier: Medalha de Ouro na Copa da Cerveja POA 2018.

Senhor do Malte (RS)
– Weiss: Medalha de Bronze na Copa da Cerveja POA 2018.

Salvador Brewing (RS)
– Engesa Oil Brunch Stout: Medalha de Bronze no Slow Brew 2018.

SchafSchaf Bier (PR)
– Pilsen: Medalha de Bronze no Brüssels Beer Challenge 2018; Medalha de Ouro na Copa Cerveja Brasil.

Schornstein (SC)
– Bock: Medalha de Bronze na Copa Cerveja Brasil.

Seasons (RS)
– Wallace: Medalha de Prata na Copa Cerveja Brasil.

Traum (RS)
– Pilsen: Medalha de Bronze na Copa da Cerveja POA 2018.

Tupiniquim (RS)
– Manjar Negro, Medalha de Ouro na Copa Cerveja Brasil;
– Mandala Imperial Stout: Medalha de Bronze na Copa Cerveja Brasil;
– Logica Absurda: Medalha de Bronze na Copa Cerveja Brasil;
– Coconut IPA: Medalha de Prata na Copa Cerveja Brasil;
– Avelã Frape: Medalha de Bronze na Copa Cerveja Brasil.

Unika (SC)
– Australian Juicy: Medalha de Ouro na Copa da Cerveja POA 2018;
– Víbora Double IPA: Medalha de Prata na Copa na Cerveja POA 2018.

Urwald (RS)
– Helles Bock: Medalha de Ouro na Copa da Cerveja POA 2018;
– Altbier: Medalha de Prata na Copa da Cerveja POA 2018.

REGIÃO NORDESTE

5Elementos (CE)
-Coconut & Pancake Brunch Stout: Medalha de Ouro no Slow Brew 2018;
– Eleita o “Destaque do Slow Brew 2018″;
– Coffe & Pancake Brounch Stout: Medalha de Prata na Copa da Cerveja POA 2018, Medalha de Bronze no Slow Brew 2018;
– Abyssal: Medalha de Prata no Slow Brew 2018.

Cervejaria CaatingaCaatinga Rocks (AL)
– English Serelepe Brasileira: Medalha de Prata na Copa da Cerveja POA 2018.

Hop Bros (AL)
–  White IPA: Medalha de Prata na Copa da Cerveja POA 2018.

Mindubier (BA)
– Minduipa: Medalha de Prata na Copa da Cerveja POA 2018.

Navegantes (PE)
–  Kraken IPA: Medalha de Bronze na Copa Cerveja Brasil.

REGIÃO CENTRO OESTE

Colombina (GO)
–  Romaria: Medalha de Ouro a Copa Cerveja Brasil.

Cruls (DF)
– Berliner Weisse Café, Medalha de Ouro na Copa da Cerveja POA 2018, Medalha de Ouro na Copa Cerveja Brasil; 2a. Colocada como “Best of Show” na Copa Cerveja Brasil;
– Weiss: Medalha de Bronze na Copa da Cerveja POA 2018;
– American Pale Ale: Medalha de Bronze na Copa Cerveja Brasil;
– Berliner Weisse: Medalha de Prata na Copa Cerveja Brasil;
– Gose: Medalha de Bronze na Copa Cerveja Brasil.

Kessbier (MT)
– Vitis Saison: Medalha de Prata na Copa Cerveja Brasil.

Metanoia (DF)
– Amortentia Frutas Vermelhas: Medalha de Bronze na Copa Cerveja Brasil.

Micro X (DF)
– Angel Dust: Medalha de Bronze na Copa Cerveja Brasil.

Quatro Poderes (DF)
–  Pérola do Cerrado: Medalha de Bronze na Copa Cerveja Brasil

Artigos Relacionados

0 Comentários

Ainda não há comentários!

Não há comentários no momento, você quer adicionar um novo?

Escrever um Comentário

Escrever um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados *

10 + 18 =

Novidade de destaque

Entre os melhores destilados mundiais

Do terroir paranaense

Acesse na íntegra nossa última edição!

Tradição e Excelência em Destilados

Entre as mais premiadas no mundo

De renome internacional

Na mais alta patente da qualidade

Premiada no Oscar da Cerveja Mundial

Impossível não ter na sua carta

Opção de excelência

Paulista multipremiada

Premiada cervejaria paulista

Pureza e suavidade desde 1932

Gim brasileiro de destaque mundial

Excelência do terroir gaúcho

Muita brasilidade, tradição e qualidade

Destilado Premiado e Cervejas Especiais

Entre as melhores cervejas brasileiras

Um toque a mais de excelência

Entre as mais premiadas do País

O verdadeiro destilado ancestral brasileiro

Premiada na China, na Polônia …

Entre os melhores destilados do mundo

Companheira de todos os momentos

Simplesmente no topo das avaliações

Cerveja Brasileira Conquistando o Mundo